Posts Tagged ‘visibilidade’

Use roxo!

Outubro 20, 2010

 

Esta quarta-feira, 20, será de mobilizações pela visibilidade LGBT no Brasil e no mundo.
No exterior está rolando um movimento que tem tudo para pegar também por aqui. Em memória de seis jovens gays americanos que se suicidaram recentemente, pessoas estão sendo convidadas a se vestirem de roxo nesta quarta-feira. A cor, presente na bandeira do Arco-Íris, representa o Espírito.

A campanha está rolando via Facebook e até agora conta com mais de 58 mil participantes confirmados.

Todo mundo de roxo ein!

Lado B

Julho 5, 2009

reading

Não dá pra falar de literatura lésbica sem mencionar Virginia Woolf, ela foi a diva da literatura voltada pra esse segmento, na minha opinião. Virginia não escrevia só para as lésbicas, mas foi aclamada por elas por, principalmente, alcançar tamanho sucesso em um mercado quase que totalmente dominado pelos homens. Ela foi com certeza inspiração para tantas outras que viriam depois. Li quase todos os livros e acho que toda garota deveria ler, independente de qualquer coisa.Poucas escritoras conseguiram descrever tão bem o universo feminino em todas as suas vertentes, discorrer sobre verdades que são só nossas.

Lucia Facco faz o mesmo caminho, li dois de seus livros e já virei fã. Comprei por acaso um de seus livros em uma livraria em SP e depois corri atrás de outros pela internet. E através dessa procura descobri a Editora Malagueta, a primeira editora lésbica do Brasil. Nem preciso dizer que comprei quase tudo, ainda mais porque os preços são ótimos, encontrei livros muito legais por apenas 25,00. Da Lucia eu indico especificamente dois, que são os meus favoritos: Heroínas saem do armário, literatura lésbica contemporânea, que é um livro ótimo pra quem quer saber mais sobre tantas outras novas escritoras que estão surgindo por aí, e um livro de contos que é fantástico, Lado B, História de Mulheres.

Laura Barcelar, a coordenadora da Editora Malagueta vem organizando, divulgando e ajudando a crescer o mercado editorial de títulos para lésbicas, e nas palavras da própria Laura “o principio da visibilidade é esse, se algo é visto ele está na consciência, se não é visto desaparece”.

É um projeto super legal que já trouxe bate-papo para BH e tantas outras capitais e agora conseguiu seu espaço na FLIP 2009, pra quem não sabe trata-se de um dos maiores eventos literários do Brasil que acontece na cidade de Paraty – RJ todos os anos. É um evento muito elegante em uma cidade histórica maravilhosa que trás em todas as suas edições escritores internacionais famosos. Segundo o site da editora esse ano Paraty  recebeu além de Chico Buarque e outros escritores desse escalão as autoras da Malagueta. Elas participaram da OFF FLIP, que é um evento alternativo paralelo com gente que ainda não foi convidada pro evento oficial. Aconteceu ontem dia 4 de julho um bate papo sobre literatura lésbica com Karina Dias (que já publicou mais de dez romances na internet, inclusive De repente é amor, Simplesmente irresistível, Quando o amor acontece), Mariana Cortez (também com variados romances na internet e uma história publicada em Elas contam) e Lúcia Facco (As guardiãs da magia, As heroínas saem do armário, Lado B), assim como a editora Laura Bacellar. O bate papo sobre literatura lésbica em Belo Horizonte ,organizado pela Editora Malagueta,aconteceu na Sobá Livraria e Café, uma livraria que tem um perfil bem eclético de abraçar todas as diversidades e merece uma visita de quem procura obras gls aqui em BH.