Posts Tagged ‘bh’

Garotas do Programa

Agosto 3, 2011

Essa semana recebi uma ótima notícia via email, duas garotas de BH começaram um projeto super bacana no portal Parada Lésbica.  Muitas de vocês já devem conhecer o portal que agora inaugurou uma rádio só prazamiga.

Intitulado “Garotas do Programa” é uma revista semanal de webrádio desenvolvido para lésbicas de fino trato.
Com uma abordagem descontraída, privilegia assuntos como música, entretenimento e cultura geral.
Geovana Castro e Gaia Jones, as cats responsáveis pelo programa,  esperam por você todas as terças e quintas de 20 às 21h com um mixtape fino, elegante e sincero de muito indie rock, pop e divas.

Diversão garantida no horário nobre, dizaê. Enquanto você estiver de bobeira nas internets, paquerando no facebook, liga no programa das meninas e dê aquele apoio. Mais uma vez dykes, precisamos nos unir ! Vamos prestigiar o projeto das meninas que é super legal. Sapunidas!

Para ouvir é só acessar o link http://paradalesbica.com.br/radio/

Só musica boa!

E como no próximo sábado tem CATchme Party! edição #tequila  – preparamos uma promoção:

As cats que ouvirem a próxima transmissão do “Garotas do Programa”  concorrem a VIPS.  É bem fácil, basta seguir o twitter da festa @catchmeparty e enviar comentários com  a tag #girlsdoprograma durante a próxima transmissão, que rola amanhã (quinta-feira 04/08) de 20h as 21h.

O sorteio já rola amanhã mesmo ao final do programa – 21h.

Fiquem ligadas!

Bar Dyke está em extinção?

Julho 19, 2011

Li uma matéria, recentemente, no AfterEllen sobre o fim dos bares lésbicos e parei para pensar sobre BH. Seria mesmo verdade? A cena lésbica aqui anda muito apagada, e talvez não seja só aqui.  Perceba, eu não estou falando sobre bar gay ou balada gay, isso tem bastante.  Tá cheio de bar em BH que abriga uma grande mistura de gêneros e identidades, mas nenhum que seja exclusivamente de lésbicas.

O que acontece em BH acho que acontece no mundo todo, pra não ter uma vida curta os bares aumentam o escopo, quando não são invadidos pela maioria. Nem sempre o bar é oficialmente gay, mas acaba eleito pela proximidade de uma balada gay ou simplesmente porque vira modinha.

Sabe aqueles bares de lésbica que vemos em alguns filmes? Queria muito que tivesse um desses aqui, com motos na porta, luz baixa, música brega de jukebox , chopp naqueles canecos de 1 litro e lésbicas de terno e gravata! haha. Imaginem, eu seria uma frequentadora, com certeza. Acho o máximo.

O que eu to dizendo é que sinto falta de um espaço só para meninas, um bar pra chamar de nosso. É pedir demais? Não precisava ser um bar gigante, pelo contrário, um lugar pequeno, aconchegante, com sinuca e cerveja. Isso já seria o suficiente.  Por que não temos lugares assim? Por que todos os bares são mais gays que lésbicos? Sempre me pergunto isso e não consigo achar uma resposta. Vários bares que começaram inicialmente com uma proposta lésbica, administrados por lésbicas, acabam virando um antro de gays homens.

Tenho apenas uma observação a fazer, talvez seja esse o motivo: se aparecer um bar desses aqui em BH, não digo exatamente como esses do interior dos EUA, mas com temática lésbica – FREQUENTE!

Vá ao bar, chame tuas amigas, marque reuniões ou encontros. Isso se chama apoio, é disso que eu tô falando. As lésbicas precisam ser mais unidas e lutar por um espaço só delas. Se você frequenta a balada, o bar, você está ajudando a manter o lugar.  Senão o futuro é obscuro e estaremos sempre na sombra das bichas. É preciso ter mais presença, suaslésbicas!

Lembram da cena de Desejo Proibido que azamiga vão no bar de dyke e encontram a Chloë Sevigny lá?
Por isso tem que ter mais bar só de lésbicas, nunca se sabe! haha

Pras Gatinha Enlouquecer (em BH)

Julho 12, 2011

Vou reproduzir o post que as minas do  Sapabonde fizeram, pq eu achei muito legal.

Sapabonde em BH minha gente!!!

Sábado, dia 16, nosso bonde vai super dar um rolê em BH, cair no chão se tiver mina de sainha curta, apreciando todos os decotes e ainda vai fazer um super show na Catchme Party!! Ahhhhhh

Com coprodução da @bsurda, essa festa vai ser muito foda! E nossas Holybitches ainda vão discotecar, meu beeemm! Né pouca coisa não!

Vai ser na UP E-music, R$15 antecipados!

Precisa falar que não dá pra perder? PRECISA? Não né. Ok, então…

Começa hoje a venda antecipada!

Blog do Sapabonde.

Line Up

Holybitches (Mary e Carol) – com o melhor do electrofunk

SapaBonde Live (Mary Versátil, Nina Afeta as Mina, Carol Bitch, Holy Maria, Sereia, Tava G, Jubinha e Luara Marola de Fogo)

Barbara Deister e Ana Sylvia – CATchme Party
Ed e André Victor – @bsurda Party
Thiago Richard ( Devil’s Party)

INGRESSOS ANTECIPADOS – $15 – à venda na UPemusic (12, 13 e 14 de julho, de 16 as 19h)

$20 na porta até 0h | $25 após 0h

Fique ligado no twitter para sorteio de cortesias
@catchmeparty
@bsurda

Up E-music

Av. Getúlio Vargas, 1423 – Savassi
Belo Horizonte, Brazil

 

Hoje é dia de CATch me!

Maio 20, 2011

CATch me Party! edição #Quem matou Jenny Schecter?

Pra essa edição, além das djs mais cats de BH preparamos uma surpresinha.

Como toda CAT que se preze, sabe que a nossa protagonista da festa bateu as botas na 6ª temporada de The L Word e tá de olho em todas vocês e vai puxar o pé de quem não comparecer!!!
E para a CAT que for e achar seu lindo rosto pela pista, ela dará agrados como cervejas Dos Equis (XX), cortesias e taças de champagne.
Pra ajudar no fervo double vodka até 1h da manhã e nosso famoso sorteio de garrafas de champagne.
(participam do sorteio os 100 primeiros pagantes)

A música boa é garantida, as meninas mais cats de BH também!

Djs
Ana Sylvia
Barbara Deister
Nina Godinho (bday)
Sylvia (@rachasbh)
Cherem

entrada – R$15,00
R$12, 00 na catlist (mande logo seu nome para catchmeparty@gmail.com)
Para quem confirmar presença no evento do facebook (http://on.fb.me/m1mUNV) tem o nome garantido na lista até 1h30 e para as meninas do RachasBH tem a noite inteira.
siga o twitter para os sorteios de cortesia – @catchmeparty

A festa rola na UP e.music
Rua Getúlio Vargas 1423 Savassi a partir das 23h.

A Jenny te espera na pista, eim?

=^.^=

La Roche, a Diva!

Novembro 18, 2009

Foto Larissa Machado

Não sei se todo mundo conhece ou se já ouviram falar em Walkíria La Roche, o que uma grande parte das pessoas não sabe (e eu também não sabia, até semana passada) é que a conhecida Hostess da boate Josefine é também uma personalidade atuante na política, super engajada na luta pelos direitos humanos. Me deu orgulho saber que Walkíria, é citada na Wikipedia como especialista em Gestão em Políticas Públicas pela PUC e focou sua carreira no ativismo pelos Direitos Humanos, e ganhou uma matéria também na IstoÉ online ” Brasil terá a sua primeira transexual em cargo público”.

Walkíria foi líder da Associação de Travestis e Transexuais de Minas Gerais (Asstrav) por 11 anos, coordenou o Centro de Referência da Diversidade Sexual por 4 anos e hoje trabalha junto a Polícia Militar no centro de treinamento onde esclarece e ajuda na capacitação dos agentes perante o público LGBT. E não para por aí, Walkíria ainda divide sua agenda como Coordenadora do Centro de Referência Homossexual de Minas Gerais e uma cadeira no Conselho Estadual dos Direitos Humanos.

Quando perguntada, em entrevista para o Jornal O Tempo, sobre as críticas geradas em cima da disputa de poderes para cargos que geram visibilidade, Walkíria se diz militante dos direitos humanos antes de tudo.

Como minha trajetória começou como artista, minha realidade foi inversa da maioria dos outros mil militantes e representantes do movimento. Eu já era uma pessoa publica e usei a minha imagem para conseguir atingir os meus objetivos em prol dessa comunidade da qual faço parte. Eu não preciso dessa ‘glamourizaçao’ enquanto militante. Sou militante dos direitos humanos, antes de tudo, e me pauto pelo que nos une.
 

Quem não conhece ainda a Diva Walkíria pode conferir todo seu glamour e bom gosto em suas apresentações quinta-feira e sábado na boate Josefine, a partir das 23h30. Super simpática e educada , não é atoa que é Diva! Precisamos de mais pessoas como você!