Archive for the ‘Music’ Category

Wild Flag

Setembro 12, 2011

Já postei aqui sobre os novos projetos da  Carrie Brownstein. Enquanto esperamos ansiosas  a volta do Sleater-Kinney podemos ir curtindo sua nova banda, Wild Flag,  que tem na formação ex- integrantes do Sleater.
O album saiu pra download essa semana e vale a pena dar uma conferida, super indicado.  Quem curtia Sleater não terá do que reclamar.

Uma amiga já assistiu o show do album novo e disse que é um tesão vê-las ao vivo.  Que vontade!
abaixo fotos e o link pra download do album Wild Flag.

 

 

http://newalbumreleases.net/39546/wild-flag-wild-flag-2011/ (link do download)

Amanda Palmer e o Mapa da Tasmânia

Fevereiro 7, 2011

Amanda Palmer tava parada desde 2008 e agora nos presenteia com um álbum incrível, gravado durante sua turnê pela Austrália e Nova Zelândia. Intitulado “Amanda Palmer goes down under” (down under é um jeito bonitinho de se referir a Austrália) traz faixas gravadas ao vivo e algumas outras de estúdio, que conta com a participação da banda The Jane Austen Argument (em uma das minhas faixas favoritas do disco) e do baterista do Dresden Dolls, Brian Viglione.

Quem nunca ouviu falar, Amanda Palmer começou no Dresden Dolls, é gata,  bissexual e punk de cabaret. É possível acompanhá-la nas redes sociais, de onde ela divulga todo o seu trabalho, depois de uma treta com a RoadRunner Records,  sua ex-gravadora.  Super indico o blog onde ela compartilha muita coisa interessante.

Pro lançamento do álbum foi feito esse video digamos, extravagante, com a colaboração dos electro-pops  The Young Punx. A música é uma divagação sobre a relação que as mulheres com seus pêlos pubianos. Adorei a analogia com o mapa da tasmânia. rs

Baixe o álbum aqui.

Amanda, cabe o comentário, pêlo pubiano ok, mas pêlo nas axilas é meio brochante… rs

O funk do DADT

Fevereiro 1, 2011

Pegue um discurso homofóbico e jogue umas batidas nele. É isso que dá.

O funk do Don’t Ask Don’t Tell (DADT)

Alguém podia fazer isso por aqui tb…

 

 

(via twopointsevenone)

Sapabonde

Dezembro 3, 2010

Vivo dizendo que o Funk é um movimento de consistência, agora imagine um funk de sapa,  melhor ainda! O SapaBonde (que não é carioca) é formado por 7 lésbicas de Brasília.  Pra quem sente falta dos finados Bonde do Rolê e Bonde das Impostora, o SapaBonde não deixa barato, na batida do funk e nas letras proibidonas as meninas perguntam “quantos dedos você quer?” (ahaha, 3fingerspliz) pode vir que a gente traça!

“Os decotes são bem-vindos, eu não minto pra você. Então tira logo a blusa, preu melhor te conhecer”

Claro que várias feministas ficaram putas, tretaram, normal, tem quem curte e quem detesta. O funk divide opiniões mesmo. Eu, sinceramente, acho interessante e divertido. Como dj eu adoro os remixes e as bases do funk.  As letras são todas inspiradas no clichê da sapatão comedora que, cá entre nós, não só existe como tá cheio por aí. rs

Pra quem não curtiu o lance da sapatão pegadora as meninas já prometeram outras letras na linha mais passivona. haha “Eu te como, tu me come, porque sexo é assim”, diz uma – antecipa McCarol. – Somos funkeiras e não roqueiras mirins. Nosso esquema é funk de roda, cervejinha e mulher bonita – diz a MC Nina. (hahaha morri)

As musicas estão no soundcloud, e ainda rola uns remix pra download do albúm.

Pra terminar elas completam – A gente segue um ditado: Homem é que nem cachorro: a gente até faz um carinho, mas nunca deixa subir na cama – ensina Carol. Depois dessa quero ser amiga delas, haha! Meninas, me chamem pra um churrasco desse, foda! Sigam o Sapabonde no twitter tb.

Quem tiver curiosidade de saber mais sobre as minas, uma matéria inteira dedicada a elas no funknacaixa, entrevista, alguns vídeos e outras versões das musicas. confere lá.

Raise your Glass!

Novembro 4, 2010

Pink vc ficou ótima de Rosie the Riveter!
A Pink é outra que, se quisesse, teria uma carreira promissora. But… Vai entender! De qualquer forma ela vive brincando com o assunto, nos clipes e entrevistas, e o que eu acho mais legal, sempre em tom de ironia. Podem reparar que em quase todas as entrevistas da cantora o assunto acaba caindo no clichê s0bre sua sexualidade. Isso porque, novamente, uma mulher não pode ser bad-ass, provocativa e irreverente, porque aí, consequentemente, ela tem que ser sapatã! Né? (afff). Existe uma grande diferença em “querer” que ela seja, e rotular a sexualidade da cantora só por conta de sua personalidade. Fale aí quem nunca teve um sonho hot ou pelo menos um devaneio com a Pink, não sejam tímidas! haha
A Pink sempre com vídeos e letras arrebatadoras, dessa vez faz uma ode aos oprimidos (como já havia prometido), convidando todos os “underdogs” a levantarem o copo se estiverem errados em todas as formas certas. São várias críticas e exaltações feitas bem no estilo bad attitude da cantora, casamento do mesmo sexo (com direito a beijo gay), provocações às instituições religiosas, inclusive ela acorda na cama com uma freira (haha), levanta questões do mito ao corpo mostrando uma gordinha que prefere comer a ser uma modelo cadavérica, e a famosa cena do nerd que se diverte dançando sozinho na festa de formatura.
Pra quem não sabe a cantora é vegetariana e super engajada na luta à favor dos direitos e proteção dos animais. Então tá explicada a crítica pesada no vídeo. Já no início ela mata o toureiro, abraçando o touro em seguida, e mais adiante um bezerro toma leite de mulheres. No mínimo engraçado.
Depois desse falatório vou deixá-las simplesmente curtir a música. Mais uma vez parabéns à cantora, por incluir questões importantes em sua pauta. Levanto meu copo à Pink, aliás, bem que ela podia vir tomar umas comigo, não? rs

CATch me!

Outubro 26, 2010

Pra vc gata selvagem que está cansada desse tanto de festa prazbee e praspiri, estreia CATch me! um projeto dedicado ao publico feminino de BH – Mininas Gerais.

Na cabine gatas de fino trato destilam o melhor do rock de meninas, pop e electro pra todas sensualizarem na pista cazamiga! Em cada edição convidaremos um gato, pq a festa é pras meninas mas os garotos são bem vindos!

Sorteio de champagne, pra ajudar no esquenta, para os 100 primeiros, então chegue cedo para garantir sua chance e dose dupla de vodka até 1h da manhã.

$15 de entrada
$12 com nome na lista (entrada até 00h30) catchmeparty@gmail.com
$20 (depois de 1h30)

Djs

Barbara Deister
Ana Sylvia vs Nina Godinho
Kk vs Zazá (the rocketwist dj set)
Marina Jordá
Jeff

A festa acontece dia 30/10 na Up Emusic – Avenida Getúlio Vargas, 1423 – Savassi.

Bora?

O melhor do dia mundial do rock!

Julho 13, 2010

Uma pequena homenagem às mulheres que provaram que o rock ‘n’ roll não é assunto ligado apenas ao cromossomo Y.

Joan Jett!

Brody Dalle

Juliette Lewis

Debbie Harry


Courtney Love


L7

Kathleen Hanna and Bikini Kill


Rihanna usando técnicas de MKT ‘girl on girl’

Maio 28, 2010

“Te Amo” é , evidentemente, uma música sobre outra mulher. Rihanna e a modelo Laeticia Casta acabaram de  gravar o vídeo em um castelo em Paris. Contra-senso, em Paris seria mais apropriado um ‘Je t’aime’, não é mesmo?

A idéia era fazer um clipe hot, sexy, mas na minha opinião ficou apenas… incrivelmente estranho e brega. Uma história sem pé nem cabeça com uma letra que também não faz sentido nenhum.  Que me desculpem os fãs da Rihanna mas soou muito como marketing, e dos mal feitos.  Algo que estamos acostumadas a ver, uma mulher que se esfrega nas outras na boate para atrair os homens. Percebam que elas não se beijam no vídeo.  E se for pra analisar a fundo tem muita coisa esquisita nesse vídeo, rs, mas não vou perder meu tempo com isso. Só me digam por favor que aquela coreografia não foi inspirada na capoeira, por favor!

Rihanna, você tá querendo aparecer ou conquistar uma fatia do público lésbico? Não ficaram claras suas intenções.  tsc

[videolog 545555]

Complicated Universal Cum

Abril 13, 2010

Imagino que vocês já devem ter visto, mas preciso postar esse vídeo de qualquer forma. Depois de assistir algumas vezes e ler alguns comentários em outros blogs e também trocando impressões com amigas preciso fazer algumas considerações. A música é muito fofinha, parece trilha de um filme da Sophia Coppola. As meninas também são lindas e os contrastes de cabelos curto/longo, claro/escuro ficou super interessante. Só que, na minha opinião, essas meninas não são lésbicas. Tudo bem que deveria ser um beijo que combinasse com a música, mas ainda acho que faltou aquela pegada. Elas me parecem meio “travadas”, sem saber o que fazer. Mas por outro lado, uma câmera intimida muito né…enfim. Dá pra levantar várias hipóteses, rs. O bom é que elas são lindas, o clip ficou super bacana, e não vemos muito disso ultimamente. Achei interessante, no mínimo.

Clip no youtube

link alternativo do blog chá com bolachas

Valentina!

Abril 6, 2010

Amigos de São Paulo

Dia 9 de abril tocarei na Festa Valentina

Line Up
Aleksandra
Andreia Beulke
Barbara Deister
Mari Leone (Oui Oui)
Ale & Thá
[indie, rock, eletro!]
$15 de entrada
$10 lista/flyer
Lumis Club
Rua 13 de maio, 409 – Bela Vista – SP
lista: festavalentina@gmail.com

Vai ser super divertido, prometo um set super dançante! Quem animar apareça

=D