Archive for Abril, 2011

Alguém já segurou tua mão hoje?

Abril 29, 2011

O video é fofo, a iniciativa é nobre e necessária. No começo do mês o governo da Irlanda se destacou no cenário da luta LGBT contra o preconceito.  Com o apoio do grupo “Belong To”, formado por gays, lésbicas, transexuais e travestis com idades entre 14 e 24 anos, lançaram a campanha contra o bullying homofóbico.

Saiba mais sobre o “Belong to” aqui.

Eu curti demais.

(via: Lori M.)

Lesbian way of life

Abril 28, 2011

É ou não é assim que vivemos?

Até quando você vai ficar sem fazer nada?

Abril 26, 2011

É com grande tristeza que reproduzo aqui um post de uma amiga sobre a agressão à uma Transexual em uma loja do  Mc Donald’s, em Baltimore. Leia o post na integra no blog Inquietudine.

As meninas que agrediram a transgênero no banheiro do Mc. Donalds de Baltimore são negras. MULHERES e NEGRAS. São pessoas que históricamente/socialmente são alvos potenciais de preconceito em sociedades como a nossa.

O vídeo é nauseante não apenas pelas agressões físicas e verbais ou pelas risadas que se ouve ao fundo. É nauseante especialmente por mostrar a  incapacidade humana de se sensibilizar com o sofrimento alheio. Ninguém socorre a transexual nos primeiros momentos do vídeo, ninguém se coloca entre as agressoras e a vítima. NINGUÉM. Ninguém tenta parar as agressões.

Assista o vídeo da agressão aqui.

Pela relato da vítima somos informados que o socorro prestado por empregados do Mc Donald’s só ocorre quando a transgênero começa a sangrar e agonizar no chão. Ouvimos no vídeo o próprio gerente da franquia dizendo pras meninas pararem de agredi-la antes que só reste um corpo no chão.

Até quando vai ficar sem fazer nada? As agressões só vão parar quando reste apenas um corpo no chão?

Chame a polícia, arme um barraco pra que outras pessoas vejam acontecendo, para que o agressor se assuste, se meta no meio da briga. Dê um jeito de parar essa onda de violência. Você pode achar que isso não é um problema seu, mas é um problema seu sim!

Se você presenciar uma agressão, um crime de ódio, se proponha a ser testemunha da vítima, pergunte se ela está bem, se precisa de ajuda pra voltar pra casa. Estoure essa bolha de comodidade que você vive e não permita que alguém seja agredido na sua frente. Amanhã pode ser você, e talvez, alguém também ache que não é problema seu.

Fonte : Inquietudine

Não Gosto Dos Meninos

Abril 20, 2011

Não Gosto Dos Meninos é um projeto inspirado na campanha internacional “It Gets Better” que reuniu, durante 12 horas, 40 pessoas de backgrounds e histórias de vida completamente distintas com um objetivo comum: se mostrar.

Mostramos quem éramos, o que sentíamos, o que passamos e o que nos tornamos. Nos tornamos gays, bis, trans, ou qualquer outra sigla que tenta definir o que não precisa definição.

Expusemos nosso processo de auto-reconhecimento, de medo, de rechaço, de mudança, de ostracismo, de reencontros, de maturação e enfim de renascimento.

Hoje, sem exceção, somos todos infinitamente mais felizes, abertos e seguros.

Eis nossas histórias – histórias que gostaríamos de ter visto antes.

O curta tem sua estréia em Maio de 2011 e conta com o depoimentos das meninas do Dedilhas.
Achei super interessante, quero muito ver.

O filme de Andre Matarazzo e Gustavo Ferri.
Produção Mirada & Gringo

Facebook do curta.

Rótulos só para sopas

Abril 18, 2011

Rotular ou não rotular? Eis a questão…

Esse, definitivamente, é um assunto que rende, e nem sempre de uma maneira saudável. Rótulos ajudam a definir, identificar, esquematizar dentro de um universo maior certos grupos, escolhas e indivíduos. Mas ao mesmo tempo servem para segregar, excluir e discriminar.

Dentro do próprio movimento LBGT existem os rótulos e nem por isso é o lugar onde são melhor empregados. Não sejamos ingênuos a ponto de acreditar que os gays são unidos e amigáveis uns com os outros. Infelizmente a realidade não é bem essa.

Não vejo tanto problema nos rótulos, o problema é saber usá-los de uma maneira que não ofenda os outros. Eu admito que ainda encontro problemas em definir alguns, e respeito quem opta por não usá-los. Quando falamos em escolha sexual, e no caso é escolha mesmo e não orientação, acho que ela diz respeito à pessoa usar ou não algum rótulo. Se eu sou lésbica a escolha é em assumir ou não, sair do armário, viver minha vida homossexual. Esse é o rótulo. É um exercício da subjetividade de cada um.

O rótulo é opcional e quem define é cada um. O errado é você tentar encaixar alguém no rótulo que você criou.

O ministério da saúde adverte:

Abril 17, 2011

Lesbian Lover Day

Abril 14, 2011

O mês de abril é mesmo um dos melhores do ano, dia do beijo, dia da mentira, dia do café (hoje) e a gloriosa semana santa.  Pra completar bem que podia ter o “lesbian lover day” né… rs

Dia do Beijo.

Abril 13, 2011

São várias versões que explicam a comemoração.  Acredita-se que começou na Itália no ano de 1982 quando um rapaz muito bem intencionado pediu um beijo a todas as moças da cidade dele, inclusive as casadas. Vai saber porque todo mundo concordou com isso… Enrique Porchelo catou todas as guria da cidade. Um padre que não tinha o que fazer ofereceu no dia 13 de abril um prêmio em moedas de ouro para as mulheres que não haviam sido beijadas. Como Enrique passou o rodo geral, dizem que o prêmio ainda esteja na Vila, aguardando as mulheres não beijadas.  Se for verdade é uma história idiota. ¬¬

Muito mais legal se fosse uma versão lésbica, dizae. rs

Enfim, bora comemorar!
Só não saia por aí beijando feito louca pq vc pode pegar mononucleose.

 

Tegan & Sara & Bieber

Abril 9, 2011

Fala que não te lembra o SAINTHOOD?!

Viu como ele é uma lésbica nata?

Constatação…

Abril 8, 2011