Archive for Janeiro, 2011

Jam City Rollergirls

Janeiro 31, 2011

Já comentei aqui no blog sobre o debut de Drew Barrymore atrás das câmeras. Em”Whip it”, que em português ganhou o singelo título de ” Garota fantástica”, ela faz a linha versátil atuando e dirigindo. Quem teve a oportunidade de ver sabe que o filme ainda conta com a desejadíssima musa rocker Juliette Lewis, além da “sempre-presente-em-filmes-indie” Ellen Page, interpretando uma mocinha rebelde que resolve seguir seu coração e se joga na mulherada do Roller Derby. Se você ainda não viu é possível baixar o filme aqui, em avi legendado.

Como eu previa, esse filme me fez mesmo ter vontade de pegar meus patins empoeirados e sair por aí correndo e, eventualmente, batendo em alguém. Só que não. A ideia logo passou, primeiro porque tá um sol de matar e segundo porque prefiro praticar outro tipo de exercício cardiovascular, se vocês me entendem.

Fora de forma ou não, agora já é possível viver momentos de glória e adrenalina do roller derby no aconchego do seu lar, pequena sapatã. A Nintendo teve a boa ideia de lançar um jogo inspirado no filme e no esporte para o Wii.  Anunciado como o primeiro jogo sobre o roller derby (competição sobre patins muito famosa nos EUA), com personagens baseados no time de Seattle, umas famosinhas, possivelmente dykes, que lideram a Asssociação de Mulheres do Roller Derby.

Não é fantástico?  Pelo preview dá pra ver que as pistas são incríveis e o jogo deve ser emocionante. Fora as personagens inspiradas em jogadoras reais da liga dos EUA, você ainda pode customizar sua dyke-roller do jeito que te agradar, feminina, tomboy, sapatã dusinferno, atlética, tem pra todo gosto, além disso, ainda dá pra socar as adversárias, pegar atalhos secretos e personalizar os uniformes (tem até opção de meia arrastão).

Se você tem Wii basta conectá-lo à internet e baixar o jogo no site http://www.jamcityrollergirls.com/ . Uma ótima oportunidade de reunir azamiga e suar a camisa, dizaê.

Tô super ansiosa para experimentar.

Anúncios

Fato lamentável do dia

Janeiro 27, 2011

 

Tá todo mundo alarmado, adorando, vibrando e feliz com o primeiro “beijo” lésbico que rolou no BBB11 entre Diana e Michely.  Mas como eu sou chata, ranzinza e mal humorada eu vou falar mal.  Não tenho pay per view, não acompanho com frequência, mas mente aquele que pelo menos não dá uma espiadinha de vez em quando, como eles mesmos falam.

Anyway, vamos lá.  Fazendo uma leitura anterior ao vídeo, Diana ainda não assumiu ser a representante oficial do sindicato na casa, será que faltou coragem e viriliadade pra assumir sua bolachice? Ou seria estratégia da moça para se proteger do preconceito mascarado que pode e vai rolar? O fato é que ela vive comentando em uma conversa ou outra que prefere as garotas, mas sempre frisando que ficaria também com os caras. Enfim… vai saber.

Como todos sabemos o álcool entra e a verdade sai, a produção libera a birita e a galera go wild. Um cenário recorrente nessas festas do BBB é aquele  – fim de festa, todo mundo bêbado e o que? Claro, selinhos, balaços, putarias e confissões.

Assisti esse vídeo várias vezes pra ver se eu estava enganada. Mas o que eu vi foi uma garota beijando outra, os homens incentivando eufóricos, claro, e todo mundo rindo.  A garota que beija é  a Diana e me parece levar bem a sério, sensualizando na dancinha e nos movimentos lábiais, já a outra fica parada feito um cadáver, e segundo comentários das pessoas que estão próximas ela teria “frangado”… No final ela sai toda desapontada.

Só eu achei isso patético, lamentável? Estamos cansadas de saber que mesmo que rolasse um romance lésbico no BBB a Globo não transmitiria, mas provavelmente o “beijo lésbico” eles vão, pq claro, tem marketing melhor?

Se a Diana é só mais uma dessas meninas que beijam outras para se promover eu até entendo (mas não concordo), isso é recorrente, já estou acostumada, mas se ela for mesmo lésbica, caiu no meu conceito. Se expor dessa maneira é ridículo.  Tá queimando o filme das dyke ein lora! Acho que ela não precisa disso, precisa?

Futebol pra mulherada!

Janeiro 25, 2011

 

Não tem pra ninguém, pela quinta vez consecutiva, Marta recebeu o prêmio de melhor jogadora do mundo.  No último dia 10, a jogadora recebeu a Bola de Ouro da Fifa, em Zurique, na Suíça. O prêmio é um dos mais importantes do futebol mundial.  Não acompanho futebol, feminino ou masculino, mas fiquei muito feliz em saber que estamos tão bem representadas.  Porque né, no masculino o Brasil tá miado…

Uma pena é não ter incentivo pro futebol feminino no Brasil, na verdade é uma palhaçada. Nem vou entrar nos méritos mas todos sabemos o que rola. Aquele pensamento classe média de que mulher + futebol= não pertence.  Taí a Marta pra provar o contrário, e não só ela.  Esse post é dedicado a todos àqueles que adoram levantar o dedo e acusar as mulheres de não entenderem nada de futebol.

Ontem rolou um encontrinho entre Marta e Dilma, que prometeu dar mais atenção ao futebol feminino brasileiro.  Em meio a emoção, troca de presentes (Dilma ganhou uma camisa do Santos) e fotos, rolou um papo calcinha da melhor qualidade, no qual Dilma quase confirmou sua presença no mundial feminino em junho, na Alemanha.

Tem que ir Dilma, assistir os jogos dazamiga e ainda tomar uma gelada!

No final do encontro a presidente comentou que:  ” A conquista de tantos títulos, e ainda em sequência, é um feito sem precedentes, que enche de orgulho a todos nós brasileiros”

Parabéns à Marta pelo desempenho e os títulos, parabéns ao Santos por acreditar no futebol feminino e parabéns à Dilma que cada dia mais cresce na minha admiração.

Agora é aguardar junho e torcer pelo Brasil.

Sobre lésbicas e vestidos…

Janeiro 20, 2011

 

Fico lembrando daquela cena de um epi de The L Word que a Shane vai visitar a família da Carmen e acaba em um vestido, super desengonçada. Me identifiquei bastante.

Vestido pra que né gente, se temos várias camisas xadrez super confortáveis! rs

Mila “sweet lips” Kunis

Janeiro 19, 2011

sem mais.

 

O Globo de Ouro mais gay dos últimos tempos

Janeiro 18, 2011

Quem viu sabe do que estou falando, o prêmio poderia ter mudado o nome para o Globo Gay de Ouro. Os gays comandaram nas premiações.  Filmes, atores, projetos, os principais prêmios e inclusive uma musica, da Cher. É gente, foi mesmo gay.

Confesso que não tenho paciência para Glee, mas o seriado gay musical tem o seu valor.  Tanto é que abocanhou alguns troféus no ultimo domingo. Começando pelo ator Chris Colfer que arrebatou o prêmio de melhor ator coadjuvante em séries.  No discurso de seu primeiro globo de ouro ele agradeceu o criador do seriado chamando-o de “fairy godfather” – algo como padrinho fadinha – como se não fosse gay o suficiente ele terminou falando o seguinte:

” E mais importante, para todos que assistem o seriado e a quem nosso seriado celebra, que sempre escutam, não de pessoas ou ambientes, mas através de intimidações e bullying que sofrem, que eles não podem ser quem são ou ter o que querem por serem quem são. Foda-se tudo isso! “

Isso mesmo gato “Screw that, kids", vc disse tudo!

 

Seguindo na premiação, Justin Bieber e a mocinha do True Grit  -Hailee Steinfeld – eleitos o casal lésbico mais adorável da noite ajudaram o chato do Ricky Gervais apresentando um prêmio.

Justin fazendo a linha sapa bofinho

 

E a noite do Globo Gay continuou com Annette Bening ganhando o globo de melhor atriz de comédia pelo filme The Kids are all right (em português, Minhas mães e meu pai). Eu até curti , mas por várias vezes tive vontade de socar a cara da Julianne Moore e quase desisti do filme. Mas não vou dar spoiler pra quem não teve ainda a oportunidade de ver. No palco ela agradeceu a diretora do filme e a própria Julianne, chamando as duas de “my partners”… cute!

 

Annette Bening, fazendo a linha professora tuxa universitária

 

O sindicato foi bem representado, a bolachíssima Jane Lynch ganhou o globo de melhor atriz coadjuvante, pelo seu papel em Glee e no discurso agradeceu elenco e como sempre a gatona da esposa Lara Embry.

 

 

Dessa vez Jane fez a linha feminina

 

Seguindo a noite contagiosamente gay, Natalie Portman (o sonho de todas nós) ganhou o globo de ouro de melhor atriz por sua personagem em Black Swan (suuuuper lésbico) e na hora de agradecer não esqueceu da sua coleguinha de cena, nas palavras da própria: – Mila ‘Sweet Lips’ Kunis – gente, conta aqui Natalie essa coisa de lábios doces, todas as lésbicas do mundo querem saber!

E como melhor filme de comédia venceu Minhas Mães e meu Pai, já comentei que não achei o filme assim tão bom mas foi super válido o prêmio, ótimo para a visibilidade LGBT no mundo todo. Repara na Cholodenko, a diretora, super trabalhada juntamente com a Bening no visual gêmeas dyke.

 

Gêmeas dyke

 

Tirando isso, o filme do Facebook – A rede social- ganhou o prêmio e melhor trilha sonora, melhor roteiro, diretor e filme de drama , e cá entre nós gente, rola maior climão homo entre o Zuckerberg e o Eduardo Saverin naquele filme.

Ainda tivemos a estranha presença da Tilda Swinton (morro de medo dela) e Geoffrey Rush que fizeram o casal gay mais charmoso da noite, ou de lésbicas velhas, pode escolher.

medo dessa mulher (?)

 

E claro, como não podia faltar, nosso gay mais fofo e nerd – Jim Parsons ganhou o Golden Gay Globe de melhor ator em série de comédia. Essa eu já esperava. Fala que essa premiação não foi gay!

Bazzingay!

 

Um relacionamento lésbico honesto.

Janeiro 14, 2011

DeAnne Smith é uma lésbica do stand up. Eu sempre comentei que ia fazer um stand up lésbico aqui em BH, pq não tem ainda, mas depois que virou modinha perdi a graça. Continuo falastrona de boteco mesmo, ainda mais depois de umas e outras. Quem sabe mais pra frente, se tudo der errado, eu  monto um stand up dyke pra alegrar azamiga e tirar um troquinho.

Fazendo a linha bofinho casual, DeAnne, tem uns vídeos engraçados e uns textos também. Recomendo! Tá tudo em inglês, off course, mas bom que vocês vão treinando aí. Ela é bem engraçada. Tá aqui o site da moça.

O fato é que ela usou aquele videozinho que você pode incluir qualquer tipo de texto e fica parecendo um diálogo entre dois bichinhos, que eu não consegui identificar ainda quais são. No caso são duas lésbicas que em menos de 5 minutos, profeticamente, planejam como será todo o relacionamento das duas. Carregados de clichês engraçados como apelidinhos, o fato da sua atual ficar amiga da sua ex, o famoso drama dyke, ter gatos, serem vegetarianas, e por aí vai. É bem verdade. Confiram!

Keep calm and…

Janeiro 13, 2011

Os melhores keep calm’s que eu achei por aí. se souberem de outros exemplos  linkem aqui.

 

Vaïnui de Castelbajac

Janeiro 11, 2011

Vaï, super gatine!

 

Vaïnui de Castelbajac, uma jovem parisiense de 28 anos, é diretora de arte em uma agência de publicidade, ilustradora, pintora e motiongrapher, e acima de tudo é dyke and proud of it. Ela também é co-fundadora do “What’s gouine on? ” Um evento mensal para as meninas em Paris. Gouine é o equivalente a sapatão em francês, dyke em inglês,  pq existem as lesbiennes e as gouines, e a gouinage é o bolachismo, sacou?
Vaï faz os flyers, que são super engraçados e recheados de  auto-ironia sobre o mundo lésbico.

Aqui o myspace do evento, me deu uma super vontade de ir!

Aqui o tumblr da moça, super recomendo, as ilustrações são muito engraçadas. Dá uma conferida aí.

 

 

 

Jovens Dykes do mundo todo, tomem nota.

Janeiro 5, 2011

Com a palavra nossa Alteza Dyke: Kristen Stewart.

Tutorial do novo hit do verão – Sedução do Ombrinho de fora!

Todas testando na balada, ok?

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Hahaha,  a pessoa que fez isso merece toda a minha admiração! via hellyesstewart.