Lesbian Vampire Queen, quer dizer… Evan Rachel Wood

Evan Rachel Wood, eu gosto de você desde a época de Once and Again, quando você pegou a Mischa Barton no melhor exemplo de romance teen, alegrando minhas tardes.Por isso dedicarei esse post só a você, me liga!

A seguir listarei mais alguns motivos que fazem da Evan Rachel Wood uma figura recorrente no meu imaginário, rs.

Evan foi considerada pelo jornal The Guardian como uma das melhores atrizes de sua geração, logo após ser  nomeada para o Golden Globe Award por sua atuação em Aos treze (2003). Nesse mesmo filme sua personagem, Tracy, anima várias travessuras bi-curious com a “amiguinha”.  Compensa também assistir, não só pela Evan mas pela história mesmo, The Wrestler (O lutador) onde ela faz uma ponta como a filha lésbica de Mickey Rourke.

Em Whatever Works (Tudo pode dar certo), ultimo filme de Woody Allen que saiu no Brasil, Evan é Melodie, uma menina com um delicioso sotaque do sul dos EUA que se apaixona por Boris, um velho ranzinza e mal-humorado que dá aulas de xadrez para crianças. O filme é um prato cheio pra quem curte humor negro, rabugice, e shortinhos bem curtos.

Evan estudou em casa, pq enchiam o saco dela na escola, prática milenar que recentemente ficou conhecida pelo hype de bullying, por isso também aprendeu a lutar e hoje é faixa preta em Taekwondo.  No currículo de relacionamentos está o ator inglês Jamie Bell (isso, aquele moleque que é namoradinho dela no clipe mela-cueca do Green Day), depois ela pegou o Marilyn Manson, aquela coisa errada e disforme.  Ele escreveu a música Heart- Shaped Glasses pra ela, e inclusive é possível ver os dois se pegando no clipe, totalmente indigesto na minha opinião.  Dizem que agora ela tá enrolada com o Alexander Skarsgard, o sueco gato que faz o vampiro Eric de True Blood.

Recentemente, Evan, faz  Sophie-Ann, uma vampira lésbica que é a rainha da Louisiana, no seriado True Blood. Na ultima temporada Sophie-Ann apareceu bem pouco e o seu lado lésbico também ficou bem incipiente. Mas para a terceira temporada os produtores já prometeram uma visibilidade maior e inclusive cenas hot, steamy de sexo (rs). Em entrevista a Newsweek, Evan disse que não vê problema em fazer cena de sexo com outra mulher e falando sobre sua personagem:

“It’s with a girl, that’s all I’m going to say. I don’t think vampires are really gay or straight. I think she just prefers women.”

Lembrando que já existe uma palavra que define mulher que prefere mulher, rs. Vamos lá Sophie-Ann, assuma logo que vc é uma lez de meio século de idade, adoramos mulheres maduras. Estou que não me aguento pra ver essas cenas!

Anúncios

Etiquetas: , ,

Uma resposta to “Lesbian Vampire Queen, quer dizer… Evan Rachel Wood”

  1. Day Says:

    hahahaha tão sutil o que ela disse, né?
    definitivamente, essa mulher é muito linda! E talentosa também!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s


%d bloggers like this: